Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Serviu a mim o remoque

por quintinocastrotavares, em 23.11.11

"O segredo foi um remoque a propósito de certa loureira que passava..."

 

Encontramos esta passagem citada no iDicionário Aulete, do romance Senhora de José Alencar, que pode ser baixado gratuitamente, pois de domínio público (baixar aqui).


Em Cabo Verde, por vício de linguagem (erro na pronúncia), muitos dizem ramoque, mas fica, então, a partir de agora, corrigida a palavra. Diga remoque e não ramoque.


De uso comum nos diálogos cabo-verdianos, use remoque (substantivo) ou remocar (verbo) para se referir ao dito malicioso que encerra (sempre) uma intenção repreensiva ou ofensiva. Remocar (ou mesmo dar remoque, como dizemos em Cabo Verde) é tratar com exprobro, ou seja, lançar em rosto (jogar na cara), reprochar, criminar, acusar.

Remocar:
- exprobrar, censurar, repreender, vituperar; Lançar em rosto; reprochar, criminar, acusar.
- apreciar com remoque;

 

No Dicionário da Língua Portuguesa 2011 (Dicionários Editora - Porto Editora), encontramos ainda a variante remoquear.


Remoque
- Insinuação indireta e maliciosa.
- Zombaria, troça, motejo.

Do Aurélio, encontramos a passagem: “Várias vezes, no correr dos tempos, naturais e reinóis se haviam defrontado, e uma guerra contínua de chufas e remoques lavrava por todo o território da colônia.” (Ronald de Carvalho, Estudos Brasileiros, 1a série, p. 46.)

Poderia dizer com segurança, "passou-me um remoque daqueles a respeito do trabalho que me fez sem cobrar nada".

publicado às 10:17


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Comentários recentes


subscrever feeds